Coloração

Tonalizantes: Não contém amônia, mas contém uma baixa concentração de oxidante. Os tonalizantes apenas maquia os fios brancos, mas como não possui alta fixação da cor, sai em torno de oito a doze lavadas.

Luzes: É uma técnica para clarear e iluminar os cabelos. As luzes são mechas bem finas, que podem ser feitas por todo o cabelo ou apenas em pequenas partes dele. Os tons claros dão uma aparência queimada de sol e devem ser feitos em cabelos mais claros. Cerca de 50% dos fios são descoloridos neste processo, que produz mechas sutis que se misturam à cor original do cabelo. Para cabelos mais escuros, o tom cobre ou mel são os mais indicados.

Reflexos: Os reflexos clareiam mais que as luzes e mechas, pois a quantidade de fios iluminados é bem maior. As cores são claras e bem definidas. Geralmente os feixes são bem fininhos e os fios podem ser misturados com tons diferentes.

Mechas: As mechas são parecidas com as luzes, a diferença é que a quantidade de cabelo a ser descolorida é maior. Mechas são mais largas, e podem ser feitas com descolorante ou tinta, dependendo da cor dos cabelos. Geralmente as mechas são mais visíveis que as luzes.

Mechas Californianas: Nas luzes californianas as pontas dos cabelos ficam mais claras e a raiz mais escura. Elas dão mais luminosidade às extremidades e efeito de profundidade ao cabelo. Os fios ficam com aspecto de queimados do sol. O resultado final são cabelos com tons dourados, vindo em dégradé desde a raiz até as pontas, do tom mais escuro ao mais claro.

Matização: É feita com tonalizante, que não clareia o cabelo, mas, neutraliza os pigmentos amarelos, deixando uma cor limpa e mais branca.

Reflexo Invertido (masculino): É uma técnica realizada para amenizar o acinzentado sem ganhar um aspeto artificial. O processo é semelhante ao realizado no cabelo feminino, mas a intenção é escurecer apenas algumas mechas para criar um tom capaz de rejuvenescer a aparência.


HORÁCIO CABELEIREIRO (C) 2016